Serviços
Agenda
Postagens
Cinema
Sua empresa no guia - clique aqui!
In�cio
Empréstimo Consignado para aposentados e pensionistas do INSS
Gibia Redivo Ramos
24
Abr
2013

 Esta é uma postagem com um tema diferenciado, será mais uma dica do que uma instrução sobre determinado assunto. Empréstimo Consignado para aposentados e pensionistas do INSS.

Hoje todo comercial de TV tem uma propaganda sobre o tema, uma propaganda linda cheia de pessoas felizes, mas que escondem o verdadeiro sentido, a extorsão que sofrem os aposentados com os juros altíssimos impostos pelos bancos e suas financeiras.

O empréstimo consignado é a modalidade de crédito mais segura do mercado para os bancos, onde os mesmos tem a garantia do benefício previdenciário que recebe o segurado, de onde irão descontar todo mês o respectivo valor do empréstimo, dessa maneira, a princípio, por não haver a necessidade de aumentar suas taxas para cobrir possível inandimplência seu crédito deveria ser muito mais barato do que é, com juros menores, contudo a realidade é outra.

Alguns Bancos vêm cobrando uma taxa de juros absurda para tal empréstimo, cerca de 2,14% ao mês, taxa esta que só não é maior, porque seu índice é regulado pelo Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS). Lembra das propagandas de pessoas felizes? Pois é, esses bancos são os que cobram o juro limite. A taxa de juros ao mês, hoje dia 24 de abril de 2013, está variando de 0,65% a 2,14%.

Você pode até achar que a variação não é muito alta, mas vou demonstrar logo a baixo como é gritante a diferença:

Banco BMG

O número de meses...: 48

A taxa de juros..........: 2,14%

O Valor financiado.....: 5.000,00

Valor da prestação = R$ 167,69

Valor total do empréstimo = R$ 8049,12

 

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

O número de meses...: 48

A taxa de juros..........: 1,53%

O Valor financiado.....:5.000,00

Valor da prestação = R$ 147,82

Valor total do empréstimo = R$ 7095,36

 

Conforme o disposto acima, notamos a diferença entre os empréstimos contratados que chega a mil reais. Em um empréstimo de 5.000,00, ao fim, paga-se um total de 1.000,00 a mais dependendo do banco escolhido, o que significa 20% do valor emprestado, valor muito considerável ainda mais se você pensar que os documentos serão os mesmos, a forma de empréstimo sempre será a mesma, a única diferença será a escolha do banco, que muitas vezes ficam na mesma rua.

      Com base nisso é preciso ficar atento, se precisar recorrer a tal modalidade de crédito sempre de uma olhada no link abaixo, pois ele esta em constante mudança.

http://www.mpas.gov.br/arquivos/office/1_130419-100612-601.xls


Coment�rios (1)
Colunistas
Gibia Redivo Ramos

Sobre

Gibia Redivo Ramos, advogada militante na Seccional de Santa Catarina, formada pela Universidade do Planalto Catarinense e Pós Graduada em Processo Civil.

Dúvidas ou sugestões de temas podem ser enviadas para o email: redivoknolladvocacia@gmail.com



O seu navegador não é mais suportado.

Atualize para um navegador moderno.
Obrigado, equipe Guia Lageano.