Servios
Agenda
Postagens
Cinema
Sua empresa no guia - clique aqui!
In�cio
5 coisas que pessoas de sucesso nunca fazem
Martello Gesto de Pessoas
25
Set
2014

5 coisas que pessoas de sucesso nunca fazem

E por que você também não deve fazê-las

 

 

"Uma das qualidades mais importantes é a capacidade de dominar as emoções e permanecer calmo sob pressão" Muitos podem ser os fatores que determinam o sucesso de alguém.

 

Pesquisadores não cansam de produzir estudos visando determinar os diferenciais dos bem sucedidos, e a cada dia apontam esta ou aquela característica como a mais marcante nessas pessoas. Uma das qualidades mais importantes, e que tem sido cada vez mais valorizada, é a capacidade de dominar as emoções e permanecer calmo sob pressão, segundo Travis Bradberry, co-autor do livro "Inteligência Emocional 2.0".

Na empresa TalentSmart, da qual Bradberry é presidente, foram testadas mais de um milhão de pessoas, e os resultados mostraram que a grande maioria dos profissionais e executivos de alta perfomance eram pessoas com níveis altos de inteligência emocional. O site Business Insider elencou alguns dos comportamentos característicos de quem tem demonstra grande inteligência emocional, na visão de Travis Bradberry. Aqui estão cinco deles:

1. Não viver no passado

Pessoas inteligentes emocionalmente sabem que o sucesso tem a ver com crescer diante dos desafios e isso não pode ser feito remoendo o passado.Bradberry diz que qualquer coisa que vale a pena alcançar vai exigir que você se arrisque, e não é possível fazer isso sem superar erros do passado. Fracassos anteriores não podem diminuir a crença na sua capacidade de seguir em frente.

2. Não guardar ressentimentos

Bradberry afirma que o estado emocional de alguém pode ser determinado de acordo com o foco da atenção dessa pessoa. O foco dos inteligentes emocionalmente não será nos problemas enfrentados ou em sentimentos negativos, mas em como melhorar a si próprios.

Esse tipo de atitude produz sentimentos e emoções positivas, e gera melhora no desempenho profisisonal.

Bradberry diz ainda que o fato de não reviver brigas e guardar ressentimentos evita o contato o estresse que o corpo humano sente ao lidar com conflitos, por isso os inteligentes emocionalmente evitam esse tipo de comportamento.

3. Não priorizar a perfeição

Pessoas de sucesso sabem que a perfeição não existe, por isso não a colocam como alvo. "Seres humanos, pela nossa própria natureza, são falíveis", diz Bradberry. Se a perfeição é o objetivo de alguém, essa pessoa sempre estará em contato com um certo senso de fracasso, já que é impossível ser perfeito. Esse comportamento impede a percepção das conquistas alcançadas ou até mesmo sua desvalorização.

4. Não conviver com negatividade

Pessoas que reclamam o tempo todo ou sempre fazem comentários negativos são tóxicas.Elas esperam pena e empatia, ao invés de investirem seu tempo e energia em soluções para os problemas. O conselho de Bradberry não é deixar de ouvir ou de dar atenção a alguém que precise. É apenas tentar evitar ou se distanciar de energias negativas constantes.

5. Não dizer sim o tempo todo

Pesquisas mostram que quanto maior a dificuldade de alguém para dizer "não", maior a probabilidade de essa pessoa sentir estresse, fadiga e depressão, segundo Bradberry. Ele afirma que dizer "não" é um grande desafio para a maioria das pessoas. Mas os inteligentes emocionalmente não enrolam na hora de fazer isso.

De acordo com Bradberry, os bem sucedidos geralmente são diretos, e evitam frases evasivas, deixando claro se realmente não puderem responder positivamente ao pedido.

Dizer não a alguém, evitando um compromisso a mais, é uma forma de honrar os compromissos que você já tem, o que aumenta as chances de alcançar sucesso no desenvolvimento deles.

 

 

Fonte:www.administradores.com

 

 

 

 


Coment�rios (0)
Cumprir horrios caminhar para o sucesso e a felicidade!
Martello Gesto de Pessoas
17
Abr
2014

Cumprir horários é caminhar para o sucesso e a felicidade!



   Desrespeitar horário é uma característica dos brasileiros. O pior é que a maioria da população aceita esse tipo de situação como “normal”. O jeitinho brasileiro, a lei de Gerson, tem contribuído para disseminar uma leitura errônea sobre essa nossa característica.

 

   Faça uma análise sincera. Quantos e quantos eventos, reuniões, encontros, você já chegou atrasado?

 

   Tal comportamento é traduzido em uma descortesia para os organizadores de eventos, para os anfitriões, e uma indisciplina para nossos superiores imediatos.

 

   Você já viu alguém ser considerado para uma oportunidade de promoção adotando esse tipo de comportamento? Provavelmente não!

 

   Em todos os níveis de relacionamento “os atrasos” se sobressaem. Em nossa vida pessoal muitos fazem os outros esperarem, parece que sentem prazer em serem esperados.

 

   Em nosso trabalho é frequente as desculpas por atrasos. Nos acostumamos a nos desculpar.

 

   Para nós, é comum recebermos convites onde consta o horário de início ás 20 horas e começarmos a chegar após as 20:30, 21:00 horas. Nos esquecemos muitas vezes que do outro lado, existiu um planejamento por parte dos organizadores, dos anfitriões que se organizaram e marcaram a hora exatamente para que o evento ocorresse conforme planejado.

 

   Existem pessoas ainda que confirmam presença, não chegam no horário  e ainda telefonam dizendo que estão presas no trânsito. Todos que têm um mínimo de organização pessoal e disciplina sabem que essa pessoa muito provavelmente saiu de seu escritório, de sua residência já atrasado.

 

   Outra atitude completamente reprovável é confirmar presença e não comparecer.

 

   Além de ser uma descortesia conforme já mencionamos acima, essas atitudes demonstram:

 

·        Desrespeito com o horário dos outros. Como se ninguém tivesse compromissos, só você. Só você tem agenda, só você tem tarefas, só você trabalha e o pior, só o seu trabalho é importante;

 

·        Um trabalhador e um profissional desorganizado;

 

·        Você não é um bom líder. Se você não consegue chegar à maioria dos eventos no horário, você pode estar enfrentando problemas de liderança, está centralizando demais, não consegue delegar;

 

·        Não conseguir viver com tranquilidade. Uma vida estressada está sempre apagando fogo. Tudo vira emergência, está sempre demonstrando ser uma pessoa excessivamente ocupada e poderá não ser considerado para reuniões e eventos e o pior, não ser considerado para promoções;

 

·       Não desfrutar os prazeres da vida. Não passear com seus filhos, ler um bom livro, fazer uma caminhada, jantar, almoçar com a família, com os amigos, com os clientes e fornecedores, pois você está sempre ocupado, você não tem tempo para isso;

 

·       Não aproveita o fim de semana, pois precisa dormir, está sempre estressado;

 

·         Falta de planejamento e de disciplina pessoal;

 

·         Não ser confiável;

 

  Segundo Domenico De Masi em "O Ócio Criativo", algumas pessoas são tão incompetentes, mais tão incompetentes, que vivem criando processos burocráticos que nada contribuem para o resultado das empresas. Assim elas conseguem bagunçar não só sua vida, sua agenda pessoal, como a da vida das outras pessoas.

 

   De Acordo com Hyrum Smith em "O Que Mais Importa", essas pessoas não têm metas, não têm objetivos, são desorganizadas em sua maioria, não sabem e não atuam sobre o "mais importante", vivem atirando para todos os lados na ânsia de demonstrar superioridade, de demonstrar competência.

 

   Se esquecem que para alcançar o sucesso é necessário conhecer quais são as suas metas mais importantes, acabam por criar dezenas de metas que se procriam infinitamente, ao invés de ter três ou quatro metas crucialmente importantes e bem definidas. Lembre-se: Se você não pode ajudar, não atrapalhe. Empresas e pessoas de sucesso têm poucas metas, são dinâmicas, evitam a burocracia, correm riscos calculados.

 

      Por outro lado, quem consegue administrar o tempo demonstra:

 

·         Organização;

 

·         Vive tranquilo;

 

·         Está sempre disponível para oportunidades e promoções;

 

·         È admirado pelos amigos e superiores;

 

·         É calmo no trânsito, pois sempre sai com tempo para chegar no horário aos compromissos;

 

·         Planejamento da vida e das tarefas;

 

·         Sabe delegar;

 

·         Nunca está estressado, goza de boa saúde;

 

·         Atinge o sucesso com mais facilidade;

 

·         Você verá seus filhos crescerem e viverá uma vida mais feliz;

       

     Dicas importantes:

      · Organize sua vida e sua agenda pessoal;

     · 
Saia cedo de casa, do escritórios, calcule o tempo necessário para seu deslocamento com folga;

     · Não faça compromissos se você não irá cumpri-los, você não é obrigado a se comprometer com tudo e com todos porém, se você marcou um compromisso, CUMPRA! 

  Portanto, se você almeja alcançar o reconhecimento, cumprir tarefas, cumprir seus compromissos ao longo do dia sem se perder, sem se estressar e se angustiar, você terá que aprender a administrar bem o seu tempo. Administrar bem o tempo é uma questão de planejamento, de organização pessoal e de disciplina.

 

  Finalmente, quando te perguntarem: Porque você vive uma vida feliz, porque você está sempre alegre, bem humorado (como você consegue?) e de bem com a vida, simplesmente responda: Eu tenho uma vida organizada!

Pense nisso e sucesso!

 

 


Coment�rios (0)
Conhea as principais caractersticas de um empreendedor
Martello Gesto de Pessoas
08
Abr
2014

Conheça as principais características de um empreendedor

Não basta ter a ideia de um bom negócio, é preciso saber manter o sucesso no mercado

 

O Empreendedorismo no Brasil nunca esteve tão em alta, principalmente com as perspectivas de grande impulso econômico no país em função do crescimento da economia e eventos como a Copa do Mundo e Olimpíadas. Além disso, o governo federal oferece facilidades, como foi o caso do Micro Empreendedor Individual (MEI), que possibilitou a criação de milhares de novos negócios, e a recente aprovação da Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli) que permite que uma pessoa física seja titular de todo o capital de uma empresa, devidamente integralizado.

empreendedorismo pense empregos

Para o diretor executivo da Innovia Training & Consulting, Ricardo Barbosa, não se pode ignorar o fato de que não basta abrir uma empresa, é preciso saber mantê-la. "Se por um lado o empreendedorismo está em alta, também há o problema do fechamento rápido das empresas, muitas vezes porque as pessoas não possuem todas as características empreendedoras, mas apenas conhecem o produto ou serviço que querem ofertar”, comenta.

Porém, mesmo nestes casos, é possível se aperfeiçoar e ter uma empresa de sucesso. Confira algumas dicas:

:: Iniciativa e pró-atividade: em qualquer empresa, ter iniciativa e pró-atividade destacará você dos demais funcionários, mostra que é engajado e quer crescer. O empreendedor, por sua vez, não se preocupará apenas com os demais funcionários, mas com todos os concorrentes que existem no setor de atuação, portanto, agir é imprescindível para fazer os resultados aparecerem.

:: Autoconfiança: o profissional que quer ter seu empreendimento precisa confiar em si mesmo para tomar decisões, arriscar e buscar novas formas de solucionar um problema que envolve vários setores.

:: Análise e planejamento: é importante analisar os concorrentes, a economia, os setores externos que há ligação com a sua empresa, para saber os riscos e as estratégias mais eficazes. Dessa forma é possível antecipar ações e não apenas apagar incêndios.

:: Conexões e criatividade: o empreendedor deve estar atento às inovações e mudanças do mundo. Saber aplicar essas inovações ao cotidiano da empresa e ao seu campo de atuação pode levar a um retorno imediato.

:: Controle: o empreendedor não pode esquecer que ele está no comando, e que é possível e aceitável delegar as funções, mas não é adequado entregar todo o processo nas mãos da equipe, por mais competente e confiável que ela seja. Portanto, esteja na frente, crie métodos que possibilite a visibilidade de todos os projetos em andamento, com o bom e velho relatório.

:: Liderança: ser líder não é a tarefa mais fácil de todas, porém é importantíssimo que o empreendedor saiba liderar com eficácia, planejar, dividir as funções, reunir e organizar as ações, entre outras atividades que o líder precisa ter para que a equipe esteja, sobretudo, motivada e segura por trabalhar com você.

:: Persistência e otimismo: em várias fases a empresa poderá passar por dificuldades, falta de clientes, crise externa e interna, mas o que fará com que o barco não afunde é o otimismo e a persistência atrelada com o jogo de cintura para driblar os problemas. Nesta hora é preciso ter em mente o seu potencial e suas habilidades e a partir daí iniciar o plano de ação e conquistar seus objetivos.

:: Aprendizagem contínua: o bom profissional, sendo ele empreendedor ou não, busca se capacitar, portanto se não possuir algumas das características citadas, aprenda e se especialize para então desenvolvê-las e aprimorá-las com o conhecimento adquirido.


Coment�rios (0)
10 coisas que funcionrios bem-sucedidos fazem diferente
Martello Gesto de Pessoas
24
Mar
2014

10 coisas que funcionários bem-sucedidos fazem diferente

 

O que coloca as pessoas bem-sucedidas em um posição de destaque? Por que parece que tudo sempre está a favor delas?

Ter sucesso e ser produtivo em seu trabalho não só lhe tornará mais feliz, mas também ajudará a motivar outros ao seu redor. E apesar de ficarmos irritados com aqueles colegas de trabalho que parecem sempre se dar bem, muitas vezes esse sucesso é o reflexo das características dessas pessoas.

"Houve uma época em que o sucesso era medido pelo seu título no trabalho, o tamanho da sua casa ou a marca do seu carro”, diz Sheryl Connelly, especialista em tendências futuras de consumo global para a Ford Motor Company no Canadá. "Mas aparentemente a sociedade tem distanciado-se desses símbolos tradicionais de sucesso, possibilitando expressões bem mais individualizadas de sucesso”.

Connelly diz que, hoje em dia, não importa muito quanto dinheiro você tem na conta bancária (que ainda é um dos principais fatores que definem o sucesso), mas sim o que traz orgulho ou felicidade aos funcionários, o que fortalece a conexão entre eles e o que promove o sentimento de equilíbrio entre o trabalho e o resto de suas vidas.

Enquanto alguns até argumentem que não exista o equilíbrio entre o trabalho e o resto de suas vidas, Connelly diz que isso pode ser medido pelo trabalho, pelo lazer e pelo amor ao seu trabalho em nível pessoal. "O equilíbrio dessas três esferas fica mais fácil se lembrarmos que esse ato de malabarismo requer ajustes constantes”, ela diz.

Independente de você trabalhar em tempo integral, parcial, como estagiário ou voluntário em alguma organização, demonstrar iniciativa e paixão pelo que você faz irá ajudá-lo a longo prazo – desde conseguir uma promoção até ser contratado para um emprego de tempo integral.

Então o que coloca as pessoas bem-sucedidas em um posição de destaque? Por que parece que tudo sempre está a favor delas? A seguir estão as 10 regras de Connelly para obter mais sucesso em tudo que você faz.

1 Elas são introspectivas

Funcionários de sucesso sabem como ser introspectivos. Pode ser fácil ver os pontos fortes e fracos de outras pessoas com quem você trabalha, mas é sempre mais difícil criticar a nós mesmos. Se você está achando difícil descobrir como melhorar o seu desempenho profissional, peça para que um colega ou um gerente faça uma avaliação sincera.

2 Elas têm mente aberta

Você pode até sentar em um cubículo fechado o dia inteiro, mas não permita que isso o impeça de se encontrar e se relacionar com pessoas no escritório. Funcionários de sucesso tem maior probabilidade de conversar sobre assuntos de trabalho ou de outras áreas de interesse com pessoas ao seu redor

3 Elas são proativas

Isso pode parecer óbvio, mas as pessoas que se destacam em suas profissões sabem como resolver as coisas. Ao invés de apenas cumprir as tarefas corriqueiras, elas muitas vezes fazem muito mais do que lhes é pedido.

4 Elas estão cientes do mundo externo

Elas ficam por dentro não só das tendências locais e nacionais relacionadas às suas carreiras, mas também acompanham as tendências globais. Esse fim de semana, leia ou pesquise uma revista de tendências globais na sua área.

5 Elas estão sempre ligadas

Faça uma pergunta a essas pessoas sobre alguma questão no escritório e elas responderão prontamente. Já que elas investem totalmente em suas profissões, elas conhecem tanto as vantagens quanto as desvantagens.

6 Elas são defensoras

Muitas vezes, as pessoas que são bem-sucedidas no escritório não defendem apenas a si mesmas, mas também aos outros. Elas podem oferecer conselhos sobre aumentos, benefícios ou até questões como licença-maternidade ou paternidade.

7 Elas são autênticas

Elas entendem a importância de manter os gerentes e clientes felizes. Quando se trata de executar tarefas, pessoas bem-sucedidas sempre são autênticas.

8 Elas são apaixonadas

Elas amam o que fazem. Ponto. Funcionários de sucesso acordam toda manhã amando o que fazem cada vez mais. Essas pessoas não só valorizam o trabalho que fazem, mas estão cientes do quanto amam fazê-lo.

9 Elas são ousadas

Funcionários de sucesso entendem o significado de ser ousado no escritório. Para ser ousado no seu local de trabalho, tente fazer uma lista de coisas que você poderia realizar se a possibilidade de falhar não existisse e tente fazer algumas delas.

10 Elas sabem como motivar outros

Elas podem parecer ter tudo sob controle e, na maioria das vezes, têm. Mas elas não são apenas boas no que fazem: também usam suas habilidades para ajudar a motivar seus colegas.


Coment�rios (0)
Comportamento inadequado no ambiente profissional.
Martello Gesto de Pessoas
18
Fev
2014

Comportamentos inadequados no ambiente profissional

 

Veja também algumas dicas para os profissionais que estão decididos a construir uma carreira de sucesso

Muito se tem ouvido falar sobre importância de comportamentos adequados para o crescimento profissional dos indivíduos nas organizações. O que mais verificamos no dia a dia das empresas são profissionais contratados por possuírem uma formação técnica invejável, mas que acabam sendo desligados por não adotarem atitudes básicas para trabalhar com eficiência em equipe ou por não seguir as políticas e diretrizes impostas por seus superiores.

Dentre os principais comportamentos inadequados que podem atrapalhar o crescimento de qualquer profissional, destacam-se:

1. Dificuldade de trabalhar em equipe - independentemente da função que você exerça em uma empresa é imprescindível que aprenda a trabalhar em sinergia com outras pessoas. Muitos profissionais que apresentam dificuldade em aceitar opiniões diversas e em lidar com personalidades diferentes da sua, tendem a se isolar no ambiente de trabalho, gerando um clima desagradável e impedindo a troca de experiências, que podem contribuir para a melhoria dos resultados organizacionais.

2. Trazer problemas pessoais para o ambiente de trabalho em excesso - hoje já é consenso de que as pessoas são seres sistêmicos e que necessitam reconhecer o interesse de seus líderes em sua vida pessoal, incluindo sonhos de vida, dificuldades enfrentadas no contexto familiar, etc. No entanto, muitas pessoas tem se aproveitado dessa abertura nas empresas para justificar constantes atrasos, falta de comprometimento e motivação para realização das tarefas profissionais devido a crises pessoais. Nesse caso, utilizar o bom senso pode ser um bom caminho para evitar que um problema transforme-se em dois, com o desligamento da empresa onde atua.

3. Utilização de redes sociais e internet em demasia - se perguntarmos aos funcionários de qualquer empresa sobre qual o grande vilão para a produtividade, sem dúvida nenhuma a resposta será a falta de tempo e excesso de atribuições. Apesar da correria que realmente toma conta do mundo dos negócios, muitos profissionais se prestam a passar horas do seu dia acessando redes sociais ou sites de assuntos diversos, que nada contribuem para a sua função. Aprender a gerenciar o tempo com maestria é fundamental para facilitar o crescimento profissional em qualquer área de atuação.

4. Falta de organização - outro ponto que contribuí muito para a queda de produtividade das pessoas no ambiente de trabalho é a falta de organização para armazenar dados e informações. A falta de critério para guardar documentos, sejam eles impressos ou digitais, acaba dificultando a agilidade na resolução de tarefas, bem como gerando retrabalho para o próprio profissional ou para outros que dependem da informação para realizar suas atividades.

 

5. Dificuldade em receber feedbacks - todos nós temos uma visão limitada sobre o que realmente fazemos muito bem e sobre alguns pontos que poderiam ser melhorados. Dessa forma, a função daqueles que estão em cargo de liderança é de apoiarem o desenvolvimento de seus subordinados a fim de contribuírem para o seu desenvolvimento profissional. O que ocorre, no entanto, é que ainda não nos acostumamos a receber críticas, mesmo que elas sejam imprescindíveis para o nosso crescimento.


Coment�rios (0)
Postagens passadas >>
Colunistas
Martello Gesto de Pessoas

Sobre

Empresa especializada na prestao de servio, oferecendo solues referentes a todos os subsistemas de Recursos Humanos, suprindo as necessidades dos nossos clientes, visando desenvolvimento humano nas organizaes, revelando talentos com foco em resultados.


O seu navegador não é mais suportado.

Atualize para um navegador moderno.
Obrigado, equipe Guia Lageano.